XI CONGRESSO CEJA BARRA
(aguarde maiores informações)

CEJA-BARRA REALIZA SEU 10º CONGRESSO


Evento aborda Fé, Coragem e Espiritualidade 

No dia 4 de agosto, o CEJA-Barra realizou seu 10º Congresso no Km de Vantagens Hall, no Shopping Via Parque. Com o tema Fé, Coragem e Espiritualidade – As forças que nos movem, o evento, que já faz parte do calendário mundial espírita, foi transmitido ao vivo e assistido por milhares de pessoas de diversos países.

Para dar mais ambiência ao tema, nesta edição o congresso contou com projeções de imagens, que deixaram o evento leve, solar e inspirador. Além do tema central, amor, perdão e o desenvolvimento das potencialidades permearam as palestras e atrações. Com sua renda destinada à Mansão do Caminho, obra fundada por Divaldo Franco em Salvador, na Bahia, e à Obra Social Mãos Unidas, do CEJA-Barra, o evento mais uma vez concretizou um movimento de amor.

Tendo como Mestres de Cerimônia Rita Guedes, atriz, produtora e frequentadora do CEJA-Barra e Nelson Tavares, palestrante e trabalhador da Casa, a condução do congresso foi cheia de carisma e sensibilidade. A abertura foi realizada pela presidente da Casa, Iraci Campos Noronha, que proferiu uma linda prece ao som do violino de Allyrio Mello. Outros momentos musicais embalaram os corações do púbico: a querida amiga, Leila Pinheiro, cantora e instrumentista sempre presente com sua arte nos congressos do CEJA-Barra, fechou a manhã fazendo todos soltarem a voz e o auditório foi pequeno para a emoção. À tarde foi a vez de Juan Danilo Rodriguez, já conhecido como palestrante, mas que também encantou a todos com seu outro dom: o de cantor e violonista.

A interatividade também foi outro aspecto especial do evento. Neste ano o painel fotográfico foi desenvolvido em forma de coração para que todos pudessem fazer sua foto ou selfie e compartilhassem em suas redes sociais e na mídia oficial da Casa. A movimentação foi grande nos espaços acomodados no saguão de entrada, que foram destinados aos estandes da livraria, dos mimos CEJA-Barra, bazar, Consciência Editora e Eventos, e Mansão do Caminho.

Mas a grande surpresa veio através dos nossos pequenos, que levaram todos às lágrimas, dando vida ao projeto do Educandário Joanna de Ângelis, um coral formado por trezentas crianças, dentre elas as da Obra Social Mãos Unidas, se apresentou para homenagear Divaldo Pereira Franco. Elas soltaram a voz e encantaram o público presente, tocando inúmeros corações em prol da construção do Educandário.

Nesta edição, além da palestra do patrono e cofundador da Casa, Divaldo Franco, que abordou o tema central do congresso, o público também pode conferir as conferências de Rossandro Klinjey – Coragem para se transformar; Ivana Raisky – Espiritualidade: pra quê?; Artur Valadares – Vencendo os desafios pela fé; Luis Mário Duarte – As forças que nos movem e Iraci Campos – SOS Emoções.